Dez coisas que uma mãe tem que fazer todos os dias

Categorias: Conversa fiada, Prosa de mãe

Esta semana estou exausta, digo exausta porque mãe cansada é redundância e no meu caso já é quase sobrenome de tanto que digo que estou cansada. Então pra ser clara, hoje estou mais que cansada. Sabe aqueles dias em que você ficaria facilmente o dia todo largada no sofá, sem sequer tirar o pijama?! Se é que você ainda lembra o que é isso, né! Bom, eu lembro, até sonho, mas claro que não posso, e não é uma questão só de ter que ir trabalhar, na verdade meu dia começa bem antes de chegar ao trabalho. Por volta de 6:30, 7:00 meu despertador natural emite seus primeiro ruídos, bem que eu gostaria de acionar o “soneca” mas na prática em menos de 5 minutos ele já está tocando de novo, aos berros lá da cama dele, ou de mansinho aos pés da minha…”acorda mamãe!!!”.

E aí começa a maratona matinal: dar café, tomar café, escovar os dentes (“eu queo cová sozinho…”), arrumar a mochila, me arrumar, escolher o que vestir (“Pedro não mexe aí”), botar roupa na máquina, deixar bilhete pra empregada, levar na natação, dar banho, vestir (“hoje é dia de fantasia?!”) e por aí vai até chegar no trabalho às 10 da manhã, já suada e descabelada depois de caminhar 5 quarteirões até a escola e mais 5 de volta. Isso pra narrar um dia em que tudo acontece na condições normais de temperatura e pressão, porque quando o dia resolve ser gincana (cada tarefa é uma prova) aí um post não seria suficiente pra contar!

No meio dessa correria toda, hoje fiquei pensando em tudo que nós mães fazemos diariamente, tarefas simples, mas que não podem deixar de ser feitas, nunca, e comecei a fazer uma lista com a minhas tarefas inevitáveis diárias:

  1. fazer o “mamá” (aqui ainda são 2x por dia pelo menos!)
  2. lavar o recipiente do “mamá”, seja mamadeira, copinho…. que por favor inventem logo um modelo auto limpante porque eu não aguento mais lavar aqueles bicos e válvulas e pecinhas…

  3. chamar a atenção do Pedro

  4. fazer a mochila da escola ou do passeio

  5. desfazer a mochila da escola ou do passeio

  6. chamar a atenção do Pedro outra vez

  7. dar banho (ufa! dessa eu me livrei, essa tarefa é do pai!!), então aqui vai outra: catar os brinquedos

  8. colocar a fralda (aqui é só colocar mesmo, porque é só pra dormir, mas por 2 anos era “trocar a fralda”e diversas vezes no dia)

  9. levar pra fazer xixi e cocô e chamar a atenção mais uma vez, dessa vez pra não mexer no papel higiênico

  10. colocar pra dormir

Todas essas eu executo diariamente, faça chuva ou faça sol, e você lembrou de mais alguma?! Comenta aí!

Ser mãe de um menino de 3 anos, trabalhar na organização dos Jogos Olímpicos e ainda escrever um blog não é fácil, e a essa altura você deve estar pensando que meu sobrenome devia ser doida varrida pra inventar de fazer um blog a essa altura do campeonato, né?! Mas aí vem o dia seguinte e aquele “acorda mamãe” me desperta outra vez e eu fico feliz da vida por começar tudo de novo! Bom, feliz da vida às 6 da manhã não é bem o termo, mas vocês me entenderam….

2 comentários

  1. Fernanda Curado Reale comentou:

    Aline!!! Que bom que está curtindo, continue acompanhando que vem muito mais por aí! Nina está uma graça! bjs

  2. Aline Anjos comentou:

    Hahahahaha ! Feeeeeeee, estou amando o blog. Leio tuuuuuuuuuudo! Bj no Pedro e outro pra você.

Deixe seu comentário!