“Mamãe é muito exigente!” Será?!

Categorias: Conversa fiada, Prosa de mãe

Um dia chego para buscar Pedro na escola, encontro uma conhecida cujo filho está no Berçário II, ela comenta que está na “fila do castigo”, o que significa que a professora pediu para falar com ela sobre alguma ocorrência específica ou sobre o comportamento do pequeno naquele dia, isso tudo ela me explica diante da minha cara surpresa. Pedro está na escola há uns 9 meses e eu nunca tinha ouvido falar da tal “fila do castigo”, até hoje fora o feedback pós adaptação, só fui chamada na escola para conversar sobre a alimentação logo quando ele passou a fazer as refeições principais na escola.

Em outra ocasião, durante um evento de dia das crianças no meu trabalho, Pedro pega um potinho com biscoitos da mesa, uma colega de trabalho que estava próxima explica a ele que ele deve se servir dos biscoitos e deixar o pote na mesa para os outros também se servirem, então ele diz:

  • Não! Tem que comer no pote, porque faz farelo…. (mãe nesse momento 50% roxa de vergonha e 50% orgulhosa…. colega de trabalho morrendo de rir!)

No último domingo, Pedro saiu pela manhã com o pai, que o deixou por algumas horas com os avós na casa deles, ele não está muito acostumado a ficar lá sem um de nós. Ao ir buscá-lo, minha sogra diz: “ele é tão bonzinho, tão educadinho, pode trazer sempre, ele é ótimo”. A noite na hora de dormir, começo a ler o livro preferido dele, com histórias da turma do Toy Story, em uma delas a mãe de Bonnie, ao encontrar os brinquedos todos espalhados pelo chão, chama a atenção da filha, esta quando chega ao quarto, depois dos brinquedos terem voltado aos seus lugares, o encontra tão arrumado quanto havia deixado, e reclama: “Mamãe é muito exigente”! Será?!

foto

Não que eu não ache meu filho ótimo, bonzinho e etc. Mas que ele anda me enlouquecendo ah isso ele anda! Nenhuma ordem é obedecida sem questionamento, por vezes falar com ele é o mesmo que gritar com as paredes e outras ele parece estar participando daquela brincadeira da cabine de troca de prêmios do Sylvio Santos, só grita “não!!!”. Vamos tomar banho? Quero tomar banho não!!…. Vamos embora? Embora não!…. Então vamos ficar mais um pouco? Também não!!!! …. confesso que mais de uma vez inseri uma pergunta pegadinha no meio do assunto, tipo… Vamos pra piscina? Já me dei mal, mas na maioria das vezes….. “Não!!!”… enfim ele nem sabe do que se trata mas a onda do momento é dizer que não. É exercer o seu direito de escolha, e pra isso  a ordem é querer qualquer coisa que seja diferente do que eu quero pra ele, certo?!

Estou cansada de saber que é fase, é da idade, ele está me testando! Mas eu estava habituada a birra, não era muito difícil lidar com ela, quase sempre tratava-se de algo que ele queria que nós fízessemos e nós não fazíamos, tipo comprar alguma coisa, ou deixar ele fazer alguma coisa…. eu intervinha quando necessário, ignorava quando possível, reforçava o que não podia e encerrava o assunto. Mas isso é totalmente novo, agora é ele quem se nega a fazer o que eu quero! E eu que achava que negociar com filho estava fora de questão estou pagando a língua (e quem nunca?!).

Então você está no auge da crise do “o que que eu estou fazendo de errado?!” e acontecem essas situações pra te mostrar que você até pode estar errando, mas alguma coisa de certo você também está fazendo. Ele está mesmo te testando, e alguma coisa do que você está repetindo um zilhão de vezes ele está absorvendo, e melhor, praticando na sua ausência! Não sei se sou mais exigente com ele ou comigo, mas estou feliz de ser assim! Ouvir elogio a filho é uma das delícias da maternidade, faz cada contagem até 10 ter valido a pena. E afinal, quem não adora ver suas personalidades se desenhando, as tiradas, as respostas… toda fase apresenta ainda mais encantos do que desafios, e por isso a maternidade é a montanha russa mais divertida da vida.

Deixe seu comentário!