Depois de ter um filho: uma carta para minha mãe

Categorias: Poesia Materna, Textos

Que filha nunca ouviu: “um dia você vai ter filhos, aí você vai me entender!”?!  E não é que é verdade! Outro dia escrevi sobre como a maternidade mudou a minha forma de ver o outro (neste post aqui), em especial, as outras mães. Mas e a minha mãe?! Afinal antes de tudo, eu sou filha.

Mas sim, é claro que sim! Como não entender e não lembrar de todas as broncas, os castigos, todos os nãos e como não agradecer agora por todos eles? Na difícil tarefa de educar meu filho, lembro de várias das frases da minha mãe…. “chora você agora para não chorarmos nós duas mais tarde”…. nossa! Quanta verdade! Se reconheço em outras mães um pouco de mim mesma, reconheço em mim mesma muito da minha. Mesmo que uma ou outra coisa eu fizesse diferente, ou conduzisse de outra forma, depois de ter filhos é fácil aceitar até os possíveis erros de nossas mães.

Imagem: Tammy Strobel / Creative Commons

Imagem: Tammy Strobel / Creative Commons

Então aqui está, o que eu, depois de ter um filho, gostaria de falar para a minha mãe:

Mãe,

Obrigada,

pelas noites em claro,

pelos puxões de orelha não raros

pelo amor desmedido,

e por cada “por que?” respondido.

Pelos presentes dados

e também pelos negados.

Por cada firme “não!”

E pelos “não fez mais do que a obrigação”

E principalmente,

por tudo que me inspirou

a ser a mãe que sou!

1 comentário

  1. Regina Curado comentou:

    Cada vez que leio isso não consigo NÃO chorar.
    Te amo
    Mãe

Deixe seu comentário!