Infertilidade feminina: conheça as causas e primeiros passos para um tratamento

Categorias: Sem categoria

Já contei antes (leia aqui), não tive dificuldades para engravidar, mas embora desconheça a angústia de uma tentante, sei muito bem como a vontade de ser mãe não realizada pode ser perturbadora. Por isso hoje, numa colaboração da Mater Prime trago para o blog um assunto delicado mas super pertinente quando se fala em dificuldades para engravidar, a infertilidade feminina e os possíveis tratamentos.

 

shutterstock_143671726

 

Infertilidade feminina: conheça as causas e primeiros passos para um tratamento

A maternidade é o sonho de quase toda mulher, mas muitas se frustram após tentativas repetidas sem sucesso. Uma clínica de reprodução humana pode ser o caminho para identificar os fatores que causam a infertilidade, problema que pode estar tanto no homem quanto na mulher, ou em ambos os parceiros.

Na mulher a infertilidade pode ter várias causas, mas é importante saber que com o suporte médico adequado, muitas delas podem ser revertidas para permitir que a mulher possa realizar o sonho de ser mãe com os tratamentos para engravidar.

Infertilidade feminina

A gravidez ocorre quando o espermatozoide fecunda o óvulo produzido pelos ovários e o embrião se fixa na parede do útero onde irá se desenvolver até formar o feto. Qualquer problema nestes processos impedem a gravidez.

Na mulher, as causas mais frequentes de problemas para engravidar estão relacionadas com problemas na ovulação, como a insuficiência ovariana prematura ou a síndrome de ovários policísticos (SOP). No caso da SOP e também da endometriose, outro fator de infertilidade feminina, mesmo que o óvulo seja saudável o suficiente para ser fecundado, ocorrem problemas na fixação do feto na parede uterina.

Muitos fatores externos também podem influenciar na fertilidade feminina, como:

  • Idade
  • Estresse
  • Sobrepeso ou estar abaixo do peso ideal
  • Fumo, drogas e álcool
  • Medicações
  • Condições genéticas

Tratamentos para fertilidade

Nos casos onde os fatores de infertilidade estejam relacionados com os fatores externos, as mudanças no estilo de vida da mulher (e também do homem!) podem ser o primeiro passo para o sucesso da gravidez.

Caso os fatores de infertilidade estejam relacionados com problemas internos, a procura por uma clínica de reprodução humana será o primeiro passo capaz de identificar exatamente qual a doença e quais os possíveis tratamentos.

Dependendo do parecer do profissional em reprodução assistida, a mulher poderá tomar medicamentos de via oral para amenizar os sintomas da infertilidade ou mesmo solucionar definitivamente o problema. Em alguns casos, no entanto, passam a ser considerados necessários tratamentos mais complexos, como a inseminação artificial e a fertilização in vitro.

Motivação

É importante que o casal tenha o acompanhamento de um médico especialista, assim como o suporte de uma clínica de fertilização. Com esse suporte a paciente terá acesso as informações necessárias para dar andamento ao tratamento sem correr o risco de ser erroneamente iludida por um médico inadequado.

 

Post Colaborativo Mater Prime

1 comentário

Deixe seu comentário!