No caos dos primeiros dias, um momento sereno – dia 8

Categorias: 100 Primeiros dias, Versos diários
Oitavo dia, um sopro de tranquilidade no meio do caos. Ter um bebê recém nascido em casa é novidade para todos, bagunça a vida, a rotina,,,, enfim, todo mundo precisa de uma ajuda, de um esquema, de alguma estrutura para passar por essa fase. De acordo com o contexto esse período é mais fácil ou mais difícil.
Quando Pedro nasceu eu tinha uma pessoa que vinha 3x na semana ajudar com a casa, eu e Ricardo, pais de primeira viagem, contamos com o apoio da minha mãe, eu passei muito mal, tive reação à anestesia e Pedro não mamava, enfim, foi o caos….. Agora não temos ajuda contratada alguma, embora mais seguros e organizados ainda contamos com o apoio da minha mãe, somos um time, Ricardo comanda a casa e os cuidados com Laura, eu basicamente amamento e ajudo em tudo mais que posso um pouco, e minha mãe fica mais em função do Pedro, embora é claro ele nos solicite muito também. Mas aí o esquema falha! Minha mãe pegou um resfriado….

Imagem: arquivo pessoal

Sabe aquele medo que a gente tem de ficar sozinha com o bebê? Lembro que eu e Ricardo sentimos isso na primeira vez, agora é diferente, pelo menos pra ele….. Já para mim talvez pela instabilidade emocional ou pelas limitações físicas, confesso, o medo ainda estava aqui, não é aquele medo que dá com o primeiro filho, mas havia um receio, e então hoje com o time desfalcado, fiquei sozinha com ela por duas vezes no dia enquanto Ricardo levava e buscava Pedro na escola. E foi ali naquele momento eu e ela, no silêncio, que eu senti a serenidade…. Aquele momento que você tem certeza que vai dar tudo certo, aquele momento que você só curte seu bebê e sabe que tudo está bem!
E cá pra nós, faz toda a diferença ter um bebê que mama….

Deixe seu comentário!