Cólicas noturnas: minha filha tem diariamente – dia 21

Categorias: 100 Primeiros dias, Versos diários

7 e 7 são 14 com mais 7, 21…. 21 dias!!! As cólicas noturnas são diárias, e mesmo a experiência diminuindo em muito nosso desespero, mesmo sabendo que é uma fase, vai passar, que não há muito o que fazer a não ser tentar oferecer conforto durante as crises. Mesmo já sabendo de cor todas as opções, fraldinhas quente na barriguinha, colinho apertado, posição de avião, massagem, barriga com barriga, banho de balde…. Mesmo assim, nada é pior que ver seu bebê com cólicas!


Nenhum bebê devia passar por isso, nem nós mães devíamos ter que vê-los passar por isso, a sensação é de impotência, não é mais de preocupação como no primeiro filho, mas é de impotência e de dó mesmo, dó daquele serzinho indefeso a quem você só quer proteger.
Eu sei que vai passar, eu sei que é uma fase de amadurecimento do sistema digestivo, mas não deixo de pensar “será que foi algo que eu comi?”, “será que mamou demais??” …. Hoje li que a cólica clássica do recém nascido atinge 20% dos bebês… E aí eu penso, “porque com o meu?!?! ” e depois penso que esta estatística deve estar errada, assim como agora eu sei que aquela história que um filho é agitado e outro calmo, um dá trabalho e outro é tranquilo é lenda! Aqui um não mamava a outra tem cólicas, um era irritadiço a outra troca o dia pela noite…
Mas vamo que vamo! Salvo as noites, os dias até que encontraram a normalidade mais cedo do que eu esperava, hoje até consegui trabalhar um pouquinho no blog….😉

 

Deixe seu comentário!