Metade da licença maternidade, que é tão curta! – dia 60

Categorias: Sem categoria

Sessenta dias! Para a grande maioria das mães que trabalham fora, isso significa chegar ao meio da licença maternidade…. E eu não posso deixar de pensar: é muito pouco tempo!!!

licença maternidade

Temos falado bastante sobre as dificuldades desse início, os tais 60 dias de neblina, nessa fase a amamentação é ainda aprendizado para mãe e bebê, e tem as cólicas, e o refluxo, e o sono irregular e isso falando apenas do bebê, mas pensando na mãe, é também um tempo de adaptação à nova rotina, à privação do sono, aos novos sentimentos… Enfim um tempo cansativo que agora só vai ficando pra trás e só agora vem chegando a hora de curtir!

Mas será que nós conseguimos realmente curtir esse tempo que é tão curto?! Na minha primeira licença assim que o choque inicial passou e eu comecei a curtir, comecei também a sofrer contando os dias que faltavam para voltar ao trabalho. Para muitas mães essa é a hora de começar a pensar sobre o dilema maternidade x trabalho, começar a pensar em alternativas, é possível parar?! Será que devo?! E logo chega a hora de começar a pensar em soluções práticas, creche ou babá? E tem a adaptação…. tudo consumindo o pouco tempo que resta de licença maternidade.

Leia aqui sobre como foi o fim da licença maternidade do meu primeiro filho. 

 

Com o segundo filho nem sempre é diferente, por vezes o dilema aumenta, no meu caso não há mais dilema, mas ainda que eu tenha as minhas certezas, não basta fazer as escolhas é preciso viabilizá-las. Então se hoje não sofro com a volta ao trabalho, porque muito provavelmente esta volta formal e oficial não acontecerá ao fim da licença. Gasto parte da minha energia e do meu tempo investindo nos meus projetos e ideias, e em fazer dar certo. Acaba sendo uma volta precoce ao trabalho, num ritmo leve, para evitar o retorno intenso mais tarde.

E assim eu espero que meu tempo de curtir meus filhos se estique bastante….

Deixe seu comentário!