Quando você é mãe e tem um dia ruim – dia 185, dia 186

Categorias: 1000 dias de mãe, Versos diários

Dia 185 e dia 186, tô podre! Tô podre de cansada hoje e estava numa angustia só ontem, então vamos juntar e falar de tudo de uma vez….é que tem dias que a gente se aborrece, tem dias que o cansaço pesa na alma…. porque mãe, mãe de bebê, mãe de dois ou mais, mãe está podre quase todo dia, mas é cansaço físico… só que tem dias e é desses que eu vou falar, que o cansaço é outro, é emocional, e não tem nada a ver com ser mãe.

Sabe dia ruim? Quando as coisas não saem como planejamos, quando a gente se aborrece, quando tem uma surpresa desagradável? Acontece com todo mundo né? Só que quando a gente é mãe acontece na véspera da festinha do filho na escola e em vez de sair dali e ir tomar um chopp pra relaxar você vai pra cozinha e faz cobertura de bolo até meia noite. Quando você é mãe você não tem tempo de digerir, você precisa agir, então você engole, e segue a rotina, dá o jantar, escova os dentes, põe pra dormir. Quando você é mãe a notícia ruim vem bem quando os dentinhos da sua bebê estão nascendo, e nem dormir pra esquecer você pode. Então você não pensa, ou melhor pensa em outra coisa. Você não pára de pensar, nunca!

Não, o problema não é ser mãe, é até solução, o problema é lidar com todo o resto, o problema é não conseguir parar nunca, não conseguir parar o mundo lá fora e nem parar pra ouvir o silencio aqui dentro. E aí você empurra os dias, e uma hora se vê angustiada, e na outra podre de cansada….. cansada de catar brinquedo, de limpar bumbum, de ouvir choro, de responder ao “mamãe”…. mas não é nada disso, nada disso é a causa, a causa é aquela que você engoliu há três dias atrás, que não deu tempo de digerir, a causa tá martelando na sua cabeça, tá apertando seu coração.

 

Filhos dão trabalho, e parte desse trabalho somos nós que inventamos em função deles, mas filhos também dão amor, e parte desse amor nós deixamos de aproveitar em nome do trabalho que nós mesmas criamos. Pare, feche a porta, feche os olhos, abra os braços e durma com eles…. eu fiz isso hoje, e faz um bem pra alma!

Deixe seu comentário!