Sobre ficar em casa com os filhos – dia 508

Categorias: 1000 dias de mãe, Versos diários

508 dias! Há 500 dias eu estou reaprendendo a ser mãe. Sim, ter um segundo filho por si só já é aprender tudo de novo, a mesma matéria com um novo professor…. Agora, ficar em casa com os filhos, isso sim é se descobrir começando de novo, aprendendo, se reinventando!

Ficar em casa com os filhos

Tudo é muito diferente! Não é mais difícil, nem mais fácil, mas com certeza é mais cansativo. Não me tornei melhor mãe, sim, às vezes a presença faz toda a diferença, por outras só me faz enlouquecer mais rapidamente. Talvez eu tenha aprendido a ser mais tolerante, mas talvez eles estejam muito mais expostos aos meus altos e baixos emocionais. Sou eu e eles, eles e eu, boa parte dos dias, é intenso demais! Pro bom e pro ruim.

É com eles que eu dou gargalhadas quando acordo de bom humor, quando o dia está lindo, são eles que são beijados e abraçados quando chega uma boa nova. Mas também são eles que escutam meus gritos quando nada dá certo, também são eles que me vem chorar pelos cantos quando a TPM me deixa sensível. Ficar em casa com os filhos é ser mãe sem filtros. São eles absorvendo o meu melhor e o meu pior todos os dias, mesmo que eu me esforce

É ao mesmo tempo enlouquecedor e tranquilizante. Enlouquecedor ouvir choro o dia inteiro, estar alerta p tempo inteiro. É ao mesmo tempo tranquilizante estar lá pra fazer o choro cessar, estar lá pra o acidente evitar. Ao mesmo tempo desgastante e revigorante. Desgastante repetir tudo o tempo inteiro, ser solicitada o tempo inteiro. Mas ao mesmo tempo é revigorante estar lá para o certo ensinar, estar lá para se deixar amar.

É definitivamente quase esmorecer ao final de cada dia, para renascer na manhã seguinte, agradecendo poder estar aqui por inteiro, de corpo, alma e coração presentes, com amor e na dor!

 

1 comentário

  1. Juju comentou:

    E quando eu digo que a cada texto seu – parece que fui eu quem escreveu – perfeita cada palavra, passo exatamente por isso ❤️ Mãe de dois – uma de seis e outro de um 😉

Deixe seu comentário!