Depois de ter um filho: uma carta para minha mãe

Categorias: Poesia Materna, Textos

Mãe,

Obrigada,

pelas noites em claro,

pelos puxões de orelha não raros

pelo amor desmedido,

e por cada “por que?” respondido.

Pelos presentes dados

e também pelos negados.

Por cada firme “não!”

E pelos “não fez mais do que a obrigação”

E principalmente,

por tudo que me inspirou

a ser a mãe que sou!