Aniversário de mãe é assim! – dia 400

Categorias: 1000 dias de mãe, Versos diários

400 dias deles, 38 anos meus! Tudo o que eu poderia desejar hoje era não ter hora pra acordar, já há uns anos atrás, Pedro, que sempre foi madrugador, como se me desse de presente, acordou às 10h! Coisa dos anjos, porque ele não tinha noção ainda. Hoje, ao contrário, ele acordou às 6h, justamente para me dar o presente! Faz parte, afinal agora o meu aniversário é aniversário de mãe! Quando ele acordou a essa hora, […]

Continue lendo…

Maternidade ou maturidade?

Categorias: Prosa de mãe, Reflexões

  Muitas vezes eu tenho a sensação que em algum momento, que não sei precisar quando, cruzei uma fronteira e de repente fiquei VELHA! Eu costumo creditar à maternidade a passagem definitiva para a vida adulta, mas será mesmo só culpa dela? Quem eu seria agora, aos 36 anos, se não fosse mãe? Há alguns dias fui ao casamento de um colega de escola e encontrei velhos amigos, boa parte deles se divertia na pista de dança […]

Continue lendo…

Sobre maternidade e vaidade

Categorias: Prosa de mãe, Reflexões

Eu nunca fui, mesmo antes da maternidade, nem de longe o melhor exemplo de vaidade feminina, por isso para escrever esse post, mais do que falar de mim mesma, observei um pouco as mulheres a minha volta. Salvo raríssimas exceções, todas relaxam nos seus padrões de vaidade. E não falo só dos primeiros e caóticos meses não, aqueles em que não dá tempo nem de fazer as unhas, os cabelos vivem presos, a roupa suja de leite… […]

Continue lendo…

Nasceu uma mãe, mas e a dona de casa cadê?!

Categorias: Prosa de mãe, Reflexões

Salvo raras exceções, nós mulheres de 30 a 40 anos, definitivamente não fomos criadas para cuidar da casa. Filhas da geração que viveu a onda feminista dos anos 60/70, das mulheres que foram a luta conquistar um lugar no mercado de trabalho, e penaram para conseguí-lo, que se divorciaram, que se tornaram independente financeiramente dos maridos, fomos criadas para ter uma carreira, para ter vida própria, mas por um tempo se esqueceram que um dia talvez quiséssemos também ter […]

Continue lendo…